[ENTREVISTA] RADIO X: PIOR SHOW, EDIÇÃO ESPECIAL EM VINIL E… ALIENS!

Matt e Dom para a Radio X

 

Recentemente Matt e Dom foram entrevistados por Gordon Smart para o programa de rádio da Radio X, os vídeos da entrevista podem ser conferidos nesse link: Radio X

 

 

Logo de início já foram perguntados sobre qual seria o pior show que já tocaram, Matt prontamente respondeu que todos os shows do início da carreira foram terríveis, ele disse “Já tocamos para um homem e um cachorro, nós literalmente fizemos isso”, e também contou que, quando reuniram uma base de fãs em Devon na casa de alguns milhares, pensaram já ser hora de ir para Londres, e, em um clube de operários, tocaram para um lugar vazio “sem exageros, só nosso manager estava lá nos assistindo” e viram que seria melhor voltar para Devon.

 

Mas e quanto aos shows recentes, qual ganha o troféu de pior show? O vencedor foi um show da The Resistance Tour em Los Angeles, segundo Matt, era um show importante, com familiares presentes, e tudo deu errado. Foi a turnê com o palco das três torres, e parte da estrutura, uma espécie de cortina, se desprendeu e ficou batendo na cabeça do Matt “eu tentava cantar levantando-a, mas eu não conseguia afastá-la, e quando eu consegui empurrá-la, acabou derrubando o meu rack de guitarras, então percebi que minhas guitarras estavam esmagadas pelo resto do show”.

 

Dom ainda lembrou “[a torre do] Chris não descia, ele ficou escondido”, também foi preciso descer a torre do Matt antes da hora, para que ele pudesse pegar uma guitarra. Matt completou dizendo “Eu sempre fui um pouco azarado em L.A., não sei o que é, talvez seja a pressão lá, a última fez que toquei lá tive um resfriado ou algo do tipo, fiquei tonto e me sentindo estranho”… é Matt, definitivamente é falta de sorte.

 

 

Na entrevista também se falou das músicas, e de como o Muse tem músicas muito antigas, e esse tópico acabou tomando um rumo interessante.“É meio assustador”, disse Matt “Nós estavamos montando um tipo de “Vynil Package” dos primeiros dois álbuns, que serão como uma espécie de autobiografia, uma história de como nós começamos musicalmente e como nós chegamos ao primeiro álbum, e, particularmente, de como chegamos ao segundo álbum, porque o segundo álbum é como se fosse a atmosfera que ficou de fora do primeiro álbum. Plug In Baby é uma música muito antiga, é mais velha do que você pensa, nós ouvimos demos e versões dessa música de 2 ou 3 anos antes do primeiro álbum lançado.”. Ainda sobre Plug In Baby, Matt disse que a música foi escrita e ensaiada no andar acima de um Sex Shop.

 

Mas e essa essa edição especial de Vinil? Matt afirmou que será lançada no final do ano, para fãs hardcore e colecionadores, e incluirá demos!

E a entrevista para por aí? Com certeza não, Matt atingiu o ápice ao falar de um experiência um pouco peculiar: ele já viu um alienígena. Sim, você leu isso direito. “Eu tinha por volta de 17 ou 16, era noite e eu estava dirigindo até a casa da minha namorada pelo bosque, eu vi uma luz piscando na mata. Era algo estranho para aquela hora da noite, porque era por volta de uma da manhã.” e acrescentou “Eu lembro apenas de acordar em casa, e até hoje eu não lembro muito bem do caminho até em casa. Eu estava dirigindo, então com certeza não bebi nada. Não estou sugerindo nada, mas eu posso ter fumado algo cultivado em Devon. Algum tipo de tabaco, então é mais provável do que seja isso, do que ter sido abduzido por aliens.”

 

Dom, Gordon Smart e Matt

COMENTÁRIOS