Dom Howard

Dom Howard

Bateria

"Eu gosto de música porque… Me dá liberdade pra fazer o que eu quiser sem muitas consequências"

Dominic James Howard nasceu em 7 de dezembro de 1977, em Stockport, nas proximidades de Manchester, Inglaterra. Mudou-se para Teignmouth, Devon, aos 8 anos.

 

dom_1Dom nunca teve muito interesse em música. Não até os doze anos, depois de ver uma banda de jazz se apresentar em sua escola. Mas foi só depois que seu professor lhe deu uma bateria de canhoto que ele começou a tocar de fato.

 

Antes do Muse, Howard fazia parte de uma banda chamada Gothic Plague. Sua banda começou a se separar e depois de ter ouvido falar de um rapaz muito bom na guitarra (na ocasião Matt Bellamy), convidou-o a fazer parte da banda como guitarrista e principal vocalista. Os dois então convidaram o Chris a se juntar a eles, criando assim a Rocket Baby Dolls e depois o Muse.

Canhoto, Dom possui um talento singular para tocar bateria. Entretanto, ele não é um bom cantor. Ele até mesmo tentou participar das gravações do álbum Absolution (2003), mas não pode por ser desafinado demais.

Já foi alvo de muitas guitarras voadoras que o Matt costuma jogar durante os shows. Uma vez chegou a ser atingido na sobrancelha e teve que tomar vacina antitetânica. Matt costuma comentar o acontecido de forma hilária.

Não poderíamos deixar de citar que o nosso baterista tem um senso de moda um tanto quanto…exótico.

Dom quase chegou a desistir do Muse. Foi quando em 2004, logo após um show no festival Glastonbury (considerado pela banda como um dos shows mais épicos que eles já fizeram), seu pai, William Howard, sofreu um ataque cardíaco e faleceu. Foi um enorme baque para Dom, pois seu pai era um grande fã da banda, mas com a ajuda de seus amigos e família, ele se recuperou e seguiu em frente.

 

Influências
dom_2Além de ser um grande fã de Queen, suas inpirações são bateristas como Stewart Copeland (The Police, Curved Air), Dave Grohl (Nirvana, Foo Fighters) e Buddy Rich. Dom é responsável por grande parte das composições eletrônicas da banda, devido a seu gosto musical diverso. Ele escuta desde Jimi Hendrix e Rage Against the Machine a Skrillex.

 

Relacionamentos

Dom sempre foi o mais festeiro e tranquilo da banda. Nunca casou (nem pretende), namorou sério ou pelo menos não por tempo o suficiente para os fãs saberem pelo menos o nome da moça.

Event List