Tudo sobre a banda britânica Muse formada por Matt Bellamy, Dom Howard e Chris Wolstenholme.

Instagram Facebook Twitter

[TRADUÇÃO] A CAPA DO MUSE FEZ O CAPITALISMO ENTRAR EM COLAPSO

Capitalismo desabou esta manhã após a inauguração do nova capa incendiária do álbum do Muse.
 
A capa – que destemidamente descreve um grande punho cinza controlando um homem-robô com cabeça de joystick – provocou revolução global com milhões de ataques a bancos e edifícios do parlamento alegando que o Muse finalmente abriu os olhos do mundo para a verdade.
 
O protestante Nathan Muir disse:
 

“Eu sempre pensei que o dinheiro e as corporações e CCTV e coisas assim eram provavelmente boas. Mas então, no sábado, alguém me mostrou a arte da capa para Drones, sétimo álbum de estúdio do Muse”.
 
“Eu estava tipo, ‘uau’. Toda a minha visão de mundo foi instantaneamente virada de cabeça para baixo e de repente eu me vi através do vidro.
 
“Eu fui direto assassinar minha PM local e incendiar a Halfords (Loja de reparos e revenda de peças de automóveis) mais próxima.”

 
O Presidente dos EUA, Barack Obama, que pediu demissão nesta manhã, disse: “Eu sou um pouco mais do que uma marionete corporativa cega, e eu tenho que agradecer ao Muse por dar a minha vida de volta.”
Falando a partir dos restos fumegantes da bolsa de valores de Nova Iorque, o banqueiro Norman Steele disse: “A capa do álbum ferozmente inteligente e subversiva do Muse finalmente deixou a organização de joelhos.
 

“O capitalismo acabou, terminou, um sonho febril distante. Tudo o que os gatos gordos como eu agora podem fazer é se esconderem aterrorizados enquanto o sistema político ocidental é heroicamente remodelado por uma banda de rock de estádio inexplicavelmente popular.”

 
matt_ok
 
Tradução: Bru
Revisão: Dan
Fonte: The Daily Mash

Written By

Drone Master, mandante do crime, designer, programadora, amante de Muse mais do que a mãe (mentira, até porque a mãe ama Muse também) e também de Arctic Monkeys. Rondam-se boatos de que ela não seja Homo sapiens e sim Canis lupus.

Comments: 2

  • Eliane Kkll

    19 de março de 2015
    reply

    “I’d always assumed that …” = Eu sempre pensei que…
    ” I suddenly found myself beyond the looking glass.” = se ver além da forma rotineira
    Em se tratando de um site inglês talvez MP seja Member of Parliament = político
    “… for giving me my life back” = dar minha vida de volta
    “smoldering remain” = cinzas, o que sobrou
    “the establishment” = grupo dominante, organização

  • André Avelar

    20 de março de 2015
    reply

    Na verdade, essa capa me lembra muito regimes socialistas/comunistas como Cuba e Coréia do Norte. Qualquer tipo de ditadura é inaceitável, seja ela de esquerda ou direita. Dizer que a banda critica o capitalismo é surreal, pq é esse sistema que permite que a Muse exista, que a Muse divulgue Psycho via YOUTUBE (fruto do capitalismo), que a Muse chegue até o estádio do Palmeiras em Outubro, que esse meu comentário esteja sendo postado via FACEBOOK… seria no mínimo, hipocrisia. Supremacy, Uprising, Psycho… clamam por LIBERDADE. E liberdade não é capitalismo de Estado, não a utopia socialista, a opressão comunista ou o inferno da ditadura militar. LIBERDADE é o Capitalismo (puro), livre mercado e a supremacia do INDIVÍDUO.

Leave a Comment

%d blogueiros gostam disto: