Tudo sobre a banda britânica Muse formada por Matt Bellamy, Dom Howard e Chris Wolstenholme.

Instagram Facebook Twitter

11 RAZÕES PARA IR AOS SHOWS DO MUSE (SIMULATION THEORY TOUR 2019)

Em comemoração aos 11 anos do MUSE BR e do retorno da banda ao solo brasileiro, começamos aqui uma sequência especial de 11 posts com TUDO que você precisa saber sobre os shows da banda em outubro no Rock in Rio e no Ginásio do Ibirapuera! Para começar, uma lista de razões pelas quais você não pode perder a turnê Simulation Theory!

01 – Produção completa

Você cansou de ir em shows do Muse no Brasil e só ver um palco simples e setlist de 1h30? A gente também! E desta vez está confirmadíssimo: A banda vai trazer a produção completa da turnê para a América Latina!É isso aí! Pela primeira vez, o Brasil vai receber o palco completo que Muse levou para todo o mundo. Vai ter laser, telão, muito neon, efeitos especiais de todo tipo. Agora a gente não pode fazer feio, né? E falando nisso…

02 – Murph

“Quem é Murph?”, você pergunta. Oras, é apenas o esqueleto gigantesco que invade o palco durante o show! É melhor ficar alerta para não ser pego de surpresa! E se você prestar atenção nos vídeos que passam no telão ao longo do show, talvez até entenda melhor a história dele…

03 – Dançarinos

Dançarinos? Sim, dançarinos! A turnê inclui a performance de 10 dançarinos que fazem de tudo no palco. Eles tocam trombone, escalam o telão, disparam fumaça e muito mais. Se você quiser acompanhar esses jovens trabalhadores, é só seguir @musedancers no Instagram ou Twitter!

04 – Qualquer lugar é um bom lugar

A produção dessa turnê está gigante. Linda. Incrível. E isso quer dizer que não importa em qual setor você fique, o show vai ser igualmente maravilhoso! Quem comprar a pista premium vai ver os meninos de pertinho. Quem comprar a cadeira superior vai ter um ângulo privilegiado para apreciar cada centímetro do palco. Tem tanta luz, laser, visual no telão e efeito especial que ninguém vai se sentir prejudicado!

05 – Acontece muita coisa na passarela e no palco B

Se você ficar na pista premium ou comum e não conseguir chegar perto da grade, não se desespere! O palco tem uma longa passarela e o palco B bem na ponta, onde a banda passa várias vezes durante o show. Matt fica quase metade do tempo lá, no meio da multidão!

06 – Show mais longo

Você sempre achou que show de 1h30 no Brasil não justifica mais o preço do ingresso? Então que tal um show de 2h completíssimo? Pois é isso que chega ao país em outubro. Serão mais de 25 músicas! Desta vez, nenhuma vai ficar de fora!

07 – Músicas novas

Se você curtiu Simulation Theory, esta turnê é um prato cheio! Pode se preparar para pular ao som de Pressure, sentir o batidão de Propaganda, se emocionar com Dig Down (na versão acústica!), e muito mais! Chegou a hora de se esgoelar gritando THIS MEANS WAAAAR WITH YOUR CREAAATOR!

08 – Músicas antigas

Sim, é claro que Muse também irá tocar todos os grandes sucessos como Madness, Time Is Running Out, Hysteria, Supermassive Black Hole, Plug In Baby e várias outras que a gente sabe a letra até de trás pra frente. E quem sabe eles não tocam alguma surpresa pros fãs mais hardcore?Falando em músicas antigas…

09 – Metal Medley

Se você acha que Muse abandonou as origens do rock e sente falta de bater cabeça agressivamente nos shows, então este é seu momento. São 15 (sim, eu falei 15) minutos seguidos de rock pesadíssimo em que a banda emenda várias músicas que certamente estão no alto de qualquer lista de favoritos dos fãs. O desafio é não desmaiar de cansaço! Se você curte a pauleira de músicas como New Born, Assassin e Reapers, pode se preparar.

10 – Shows de abertura

O dia 6 de outubro, em que Muse fecha o Rock in Rio, está cheio de artistas que valem o ingresso! Além de Paralamas do Sucesso, Nickelback e Imagine Dragons no Palco Mundo, o festival terá a lendária King Crimson no Palco Sunset e diversos outros artistas nacionais e internacionais.Quem for no show em São Paulo terá a abertura de ninguém mais ninguém menos que Kaiser Chiefs! É hora de procurar a banda no Spotify e aprender a letra de sucessos como Ruby, I Predict A Riot, Never Miss A Beat e Every Day I Miss You Less and Less.

11 – Chris, Dom e Matt (e Morgan!)

Não tem emoção maior do que assistir ao vivo e em cores a performance desses caras no palco. É muito talento em um lugar só! Ao contrário dos EUA e países da Europa que recebem vários shows da banda por ano, o Brasil só tem essa chance de vez em quando. É a sua vez de descobrir por que Muse é considerada uma das melhores bandas ao vivo do mundo! Vamos mostrar por que os brasileiros são os melhores musers!

Written By

I'm a unsustainable fucking psycho. E o Drone mais troll do MUSE BR.

Leave a Comment

%d blogueiros gostam disto: